domingo, 16 de agosto de 2015

Digam não ao preconceito!

Olá meus amores :)
Espero que o fim de semana esteja a correr bem e que estejam a aproveitar para relaxar um pouco.

Quem me conhece sabe que não tenho preconceitos por ver casais homossexuais, não tenho mesmo. Acho que não há nenhuma regra que dite quem devemos amar.


O apresentador Manuel Luís Goucha partilhou esta fotografia na sua página e referiu que amanhã este casal (penso que o sejam) vai aparecer no Você na TV. E por incrível que pareça há pessoas muito estúpidas, não há outro termo para as descrever, que disseram que a relação destes dois senhores eram "mais um crime contra a natureza". As pessoas realmente são muito antiquadas e preconceituosas! Vocês têm muita moral para falar não é?

Na minha opinião não existem limites para amar, quer sejam pessoas de culturas diferentes ou da mesma cultura, sexos opostos ou do mesmo sexo, quer sejam de religiões diferentes ou com a mesma crença... O amor não tem limites e ninguém devia dizer o contrário. Quem tem preconceitos com dois homens/ duas mulheres a amarem-se  é que é uma " aberração da natureza". Cresçam um pouco sim?!

Não liguem a nada, sigam o vosso coração e sejam felizes porque é isso que importa!
Sinceramente porque raio é que as pessoas não ficam caladas?


E já que peguei neste assunto vou continuar a "falar".
Sou fã do modelo Luís Borges desde que o vi num programa de televisão e quando encontrei as suas redes sociais fiquei ainda mais fã. Não sabia que ele era casado, muito menos que o seu marido era  um homem mas quando descobri fiquei muito feliz por ele e por ele não ter vergonha de mostrar o seu companheiro e mostrar quem realmente é! Claro que pensei " Mas porquê, porque é que este homem lindo tinha de ser casado?", mas não fiquei enojada nem revoltada nem nada que se pareça.
Sigo o Luís sempre que venho à Internet, quer no Instagram quer no Facebook, e adoro. Adoro a maneira como ele é dedicado ao seu trabalho, aos seus amigos, ao seu marido e aos seus filhos.

Por falar nos seus filhos... Há pessoas que são cruéis e dizem que as crianças não deviam conviver com país do mesmo sexo, que isso é pecado e que as pessoas vão crescer como "aberrações... entre muitas outras opiniões negativas. Eu cá acho que as pessoas podiam enfiar-se num caixote do lixo porque sei que há milhares , senão mesmo milhões, de criancas a viver sem uma família e isso não é bom. Se surge uma família estável que quer dar amor e carinho a uma ou mais criancas porque não deixá-las fazer isso?! O Luís é um grande exemplo porque adotou três lindas crianças e dá-lhes tudo o que elas merecem.
Sou só eu que acho que a baby lu é parecida com o pai (Luís) e que o menino loirinho é parecido com o outro pai?

Desculpem lá a extensão do post, mas às vezes tenho de me expressar.

Beijinhos e bom domingo,
Catarina A.

6 comentários:

  1. Amor é Amor, ponto! E essa treta de ser "crime contra a natureza" é estúpida, porque há várias espécies de animais com tendências homossexuais, documentadas e apresentadas por biológicos. Crime contra a natureza é mesmo a ignorância e o preconceito! E isso de casais do mesmo sexo não poder educar uma criança é puro egoísmo. Dizem que é injusto para as crianças!? Injusto é casais heteros não se amarem (e muitas vezes nem se toleram) terem crianças maltratadas e mal amadas - isso sim é injusto e sabemos que é verdade. AMOR É AMOR!

    ~ Carla'C
    Coisinhas da Carla'C

    ResponderEliminar
  2. Concordo com tudo o que disseste neste post. Acho que ninguém devia ser contra algo que faz os outros felizes. Cada um sabe de si e ninguém deve julgar ninguém por tentar ser feliz. Quanto à questão dos filhos, acho que apenas o amor e os cuidados importam e um casal gay pode até tratar melhor dos seus filhos de que alguns casais heterossexuais. Acho realmente lamentável que em pleno século XXI ainda existam pessoas com mentalidades tão retrógadas.

    xxxx

    http://sixmilesdeeper.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Concordo contigo, passo-me quando oiço ou vejo racismo e preconceito seja com quem for, todos temos o direito de amar seja quem for, tem de haver uma coisa que se chama respeito.

    ResponderEliminar
  4. Concordo contigo e nao entendo como e que ha pessoas com uma mentalidade tao atrasada..

    ResponderEliminar
  5. concordo contg!! este preconceito parte de mentalidades do sec. 19, e sinceramente só vai mudar daqui a nuns bons pares de anos!!
    A felicidade é igual para todos e cada um tens os seus gostos!
    xoxo Sandra Color-s

    ResponderEliminar